#NovembroAzul

#NovembroAzul

CUIDADO!

NEM TODO PRODUTO DIET OU LIGHT PODE SER CONSUMIDO POR DIABÉTICOS. PRESTE ATENÇÃO NOS RÓTULOS E VERIFIQUE SE, DE FATO, O PRODUTO NÃO CONTÉM AÇÚCAR OU GORDURA EM EXCESSO.

10 de abr de 2011

Molhos para saladas

Como já mencionei, nunca fui fã dos verdinhos. Hoje, só como verdura porque sou diabética e preciso das ditas fibras. Então, para quem, como eu, tem um certo "q" com as verdinhas, nada melhor do que acompanhá-las por esses molhinhos. As receitas foram copiadas do site da ADJ.


Molho de iogurte
Ingredientes:
1 copo de iogurte desnatado
1 colher (chá) de orégano
Sal a gosto
½ copo de vinagre

Preparo:
Coloque o iogurte em uma vasilha e acrescente o orégano, o sal e o vinagre. Misture bem todos os ingredientes, e sirva o molho gelado.

Molho de Mostarda
Ingredientes
½ cebola
2 colheres (sopa) de mostarda
2 colheres (sopa) de salsa picada
2 colheres (sopa) de vinagre
Sal a gosto



Preparo
Pique a cebola e acrescente, a mostarda, a salsa, o vinagre, e o sal. Misture bem todos os ingredientes e sirva o molho gelado.


Molho Vermelho
Ingredientes
2 colheres (sopa) de catchup
½ copo de suco de limão
½ cebola
Sal a gosto



Preparo
Pique a cebola e reserve. Misture bem os outros ingredientes. Acrescente a mistura à cebola e sirva o molho gelado.

Flan de amora diet



Ingredientes:

4 colheres (chá) de gelatina vermelha em pó sem sabor
300g de amoras
2 potes (400g) de iogurte desnatado
4 colheres (sopa) de adoçante dietético em pó forno e fogão

Modo de Preparo:
Hidrate a gelatina numa tigela refratária com 3 colheres (sopa) de água fria. Em seguida, leve a tigela ao fogo, em banho-maria, por 5 minutos, ou até a gelatina dissolver. Retire do fogo e transfira para o liquidificador. Junte as amoras, o iogurte e o adoçante e bata até ficar homogêneo. Distribua em 4 recipientes e leve à geladeira por 2 horas. No momento de servir, decore com amora e hortelã.

Receita do Terra Culinária - Fonte: Revista Menu

1 de abr de 2011

Cirurgia bariátrica para diabetes tem novas regras (Folha on line - 01/04/011)

Segundo a matéria escrita por Mariana Versolato e  veiculada no site da Folha, foram divulgadas novas diretrizes para a realização da cirurgia de redução de estômago indicada para diabéticos tipo 2 obesos. Leia na íntegra:

"A Federação Internacional de Diabetes (IDF, na sigla em inglês) divulgou pela primeira vez um documento com diretrizes para a realização da cirurgia bariátrica em pacientes com diabetes.
O relatório traz regras mais precisas e rígidas para fundamentar a opção de tratamento via redução de estômago. Entre elas, há a recomendação de exames pré-operatórios mais sofisticados (de retina e de avaliação da função do fígado, por exemplo).
O documento considera a cirurgia uma opção para diabéticos com IMC (índice de massa corporal) entre 30 e 35.
No entanto, essa indicação para pessoas com obesidade leve só vale em casos excepcionais, quando o diabetes não é controlável clinicamente e há risco cardíaco.
O texto afirma que a prioridade da cirurgia continua sendo para pacientes com obesidade mórbida (IMC acima de 40), ou moderada (acima de 35) com doenças relacionadas, como o diabetes.
No Brasil, o Conselho Federal de Medicina estabelece que a cirurgia só é indicada para esses dois casos.
O texto "The IDF Taskforce on Epidemiology and Prevention" foi apresentado na segunda, no Congresso de Intervenção para Terapia do Diabetes Tipo 2, nos EUA, que terminou anteontem.
O documento foi redigido por 20 endocrinologistas, cirurgiões e especialistas em saúde pública de diversos países, incluindo o Brasil".

Juntos pelo Diabetes

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...